Entre muitos conceitos existentes no mundo dos perfumes, um dos mais interessantes é o das notas de perfume. Parece complicado, mas é muito simples. Notas são um método simples para análise e classificação de substâncias.

O que faz com que um perfume seja único ou exclusivo são os ingredientes usados e como são combinados.

O que são as notas

Na composição de qualquer criação de perfume as notas de perfume, são as que fazem com que o perfume seja único. Com as notas e as combinações de substâncias aromáticas o perfume adota uma personalidade própria e distinta.

Tipologia: de saída, de coração, de fundo

Notas de saída: são as notas mais breves de todas. Elas evaporam em apenas 15 ou 30 minutos. São os primeiros acordes de um perfume, mas mesmo assim não são considerados importantes.  

Notas de coração: São notas mais pesadas que duram geralmente meia hora depois da aplicação do produto.

Notas de fundo: São notas que fazem parte da fase mais madura do perfume, também conhecidas como nota de base. Os aromas que predominam são couro, tabaco e especiarias como pimenta. Este tipo de notas geralmente demoram a ser percebidas, mas são a essência e o carácter de um perfume.

Das notas às famílias

Segundo as notas olfativas de cada fragrância podemos classificar depois os perfumes nas diferentes famílias.

Cítricos: São fragrâncias compostas principalmente por notas de limão, maçã e laranja.

Frutal: Estes perfumes são compostos por aromas de frutas como kiwi, morango, toranja e maçã. Sua subfamília é o tropical doce, marinho ou floral.

Chipre: São fragrâncias de caráter forte, construídas com acordes de musgo de carvalho e bergamota, por exemplo. Subfamílias: amadeirado, floral e frutal.

Floral: As notas florais podem ser consideradas a essência básica do perfume ou complemento de outras famílias.

Oriental: nesta família incluem-se todas aquelas baseadas nas baunilhas, notas animais e resinoides.