Vamos relembrar alguns perfumes que fizeram história?


 

A história do perfume remonta milhares de anos,  de tempos bem antigos... lá na época do Egito Antigo, com a Cleópatra!

Mas, os perfumes do jeito que conhecemos hoje - em lindos frascos, e com embalagens que contam um pouco da alma do perfume – que são industrializados, vêm de um  tempo menos antigo do que na época da civilização egípcia.


Dizem, que o primeiro perfume criado com fórmula foi em 1370 pela rainha da Hungria. Foi o primeiro perfume a ser usado com a mistura de óleos essenciais e solução em álcool.  Esse primeiro perfume se chama Águas da Húngara e foi feito para a Rainha Elizabeth, claro, rainha da Hungria.

 

De lá para cá, a indústria foi evoluindo cada vez mais, e hoje em dia, existem um considerável número de perfumes antigos que não são mais produzidos e um menor, porém, considerável, número que ainda são produzidos

 

Desde os primeiros perfumes existentes, existem fragrâncias que faziam sucesso e depois saíam de linha, desaparecendo do mercado, mas algumas raras essências souberam atravessar os séculos sem perder nada de sua aura, muito menos seu sucesso.


Então, vamos lá! Fizemos uma pequena listinha para você reviver suas memórias.  É claro que não é uma lista completa, pois a quantidade de perfumes antigos que já existiram é enorme!

Vamos falar de alguns perfumes da nossa querida Indústria Brasileira e também de alguns produzidos no exterior.

E, vamos falar de alguns perfumes que temos para vender aqui na Complicità até hoje, e vamos falar de outros que não existem mais!





1902 COLÔNIAS - BERDOUES


O próprio nome da Água de Colônia já diz tudo, não é mesmo!? Em 1902, Guillaume Berdoues, um barbeiro e cabeleireiro, imaginou e criou em sua loja um âmbar de água de colônia para oferecer um pequeno gesto perfumado a seus clientes depois de um barbear ou um corte. Assim nasceu toda essa linha que faz sucesso até hoje!  É uma linha com diversos aromas, todas leves e refrescantes como uma colônia deve ser!

Clique aqui se quiser conhecer as colônias 1902 que costumamos vender na Complicità !









AZZARO 

O Perfume Azzaro é um clássico perfume masculino que fez tanto sucesso que é produzido até hoje.  Foi lançado em 1978, criado pelos perfumistas Gerard Anthony, Martin Heiddenreich e Richard Wirtz para a marca criada pelo Loris Azzaro.

Para ele era inadmissível criar um roupa sem ter um toque final aromático.

Clique aqui se quiser conhecer a linha Azzaro na Complicitá e comprá-lo!




 

 







ÁGUAS DE VERÃO  – COMPANHIA DA TERRA



 

Se você era jovem na década de 70, curtiu os festivais de música da época, você deve ter conhecido esse perfume da Companhia da Terra. Diferente de todos que eram feitos naquela época, essa marca vinha com uma proposta de ser natural e vegana.  Proposta essa que continua firme até os dias de hoje.

O nome do perfume foi inspirado na música de Tom Jobim, Águas de Março.

O perfumista Ricardo Penafiel queria produzir um perfume com ingredientes naturais e que não deixasse nada a desejar perante os importados. Por isso, foi até a Inglaterra estudar como produzir um perfume de qualidade.  Depois, ele voltou para Petrópolis, cidade imperial, onde trabalhou e criou esse primeiro perfume da Companhia da Terra.

Esse perfume existe até hoje, e continua fazendo sucesso pelas pessoas que curtem há muitos e muitos anos.

 Clique aqui se quiser conhecer melhor o perfume e comprá-lo.

 




 







RASTRO – RASTRO


Há quem diga que esse foi o primeiro perfume produzido no Brasil.   Quem não conhece esse perfume? O clássico cheirinho de vó, Rastro de Rastro é um perfume aromático compartilhável. Rastro foi lançado em 1965 e foi criado por Aparício Basílio da Silva e João Carlos. A fragrância contém Lavanda e Flores. A memória olfativa desse perfume é intensa! Ele pode ser chamado de "o perfume" das décadas de 70 e 80, principalmente no Rio de Janeiro, onde se usava muito.

  

 







 







ENGLISH LAVANDER – ATKINSONS

 

A marca Atkinsons foi fundada em 1799, em Londres pelo perfumista James Atkinson e logo se tornou o perfumista oficial da Corte Real da Inglaterra. 

Dentre todas as receitas da marca, uma em particular fez sucesso desde no século XIX: O English Lavender.   A Lavanda Inglesa proporciona uma forte sensação de frescor. Isso dá pelo fato da essência ser exclusivamente selecionada.  

O perfume English Lavender de Atkinsons só pode ser encontrada em lojas no hemisfério norte, mas o perfume é produzido até hoje.

Aqui na Complicità temos o Perfume English Lavender da marca Europarfum, produção nacional. Sua criação foi inspirada na marca inglesa.  E a criação nacional é tão maravilhosa quanto a inglesa.

Clique aqui se quiser conhecer os perfume da Europarfum que foram inspirados no da Atkinsons. 

 

 





Nº 5 – CHANEL

Esse é clássico !  E existe até hoje!  A árdua tarefa de criar o primeiro perfume Chanel foi dada a Ernest Beaux, perfumista titulado dos czares da Rússia. Beaux apresentou à Chanel 24 amostras de perfumes e ela escolheu a de número 5. O nome permaneceu quando ela apresentou sua coleção. Um número que aparentemente lhe traz sorte. Onde Chanel se diferenciou dos outros perfumistas foi na composição do futuro perfume. Antes do Nº 5 em 1921, os perfumistas se contentavam em fazer fragrâncias com uma só flor, enquanto o de Chanel, possui 80 componentes entre os quais a rosa de maio, a flor ylang ylang, odores sintéticos e de animais. Além de ter marcado a Chanel esse perfume também marcou gerações!



 







4711 - Echt Kölnisch Wasser


4711 é uma tradicional marca, e é reconhecida por produzir famosas águas de colônia.
Seu nome vem do endereço da fábrica, que ficava no n° 4711 da Rua Glockengasse na cidade de Colônia na Alemanha.
A fábrica de águas milagrosas começou sua produção em 1792. E a receita foi recebida de um monge para o jovem comerciante Wilhelm Muelhens.
E, sabe o que é melhor disso tudo?  É produzido até hoje do mesmo jeito que sempre foi.  E aqui na Complicità Perfumaria nós temos esse perfume!

Clique aqui se quiser todos os perfumes de Echt Kolnisch Wasser

 

 







E aí, gostou desse artigo? Continue acompanhando nosso blog para mais dicas e curiosidades!